sexta-feira, 28 de outubro de 2005

A não perder!!

Próximos posts em exibição:

- "A noite da última quarta-feira"

e

- "Lá vamos nós deitar dinheiro pela janela fora" ou "O TGV em Portugal".


Ganhem bilhetes para as ante-estreias nas caixas de Nestum.

domingo, 16 de outubro de 2005

Auxiliar de memória



(estádio do dragão, ontem)

segunda-feira, 10 de outubro de 2005

Não entendo isto

Tenho vergonha de viver num país onde políticos (?) que estão envolvidos no apito dourado, fogem para o Brasil por sacos azuis e corrupções afins ou têm habilidosos esquemas de contas na Suíça, chegam ao fim do dia a cantar vitória, sustentados por maiorias escandalosas e por uma população cega, surda e estúpida que lhes dá tudo para que os vícios se perpetuem. Se ser português é isto, eu passo.

sábado, 8 de outubro de 2005

Onde vai um português, ...

vai logo uma comitiva deles. Foi só anunciar a minha viagem que houve logo quem não quisesse ficar atrás... não podem ver nada, pá!



terça-feira, 4 de outubro de 2005

E, em Novembro...

Começando aqui...




... passo a noite perto daqui...




... e sigo, na manhã seguinte, para aqui...




... onde apanho comboio para aqui.




Possíveis locais a visitar são este...




... este...




... e este...




... de onde acabarei por partir para aqui...




... e, finalmente, voltar aqui.




Giro, não é? :)

domingo, 2 de outubro de 2005

"Virgem aos 40 Anos"



Se alguém ainda não ouviu falar deste filme, o meu conselho é que aproveite uma tarde livre, pegue num balde de pipocas e respectivo refrigerante e descubra uma das melhores comédias que nos chegaram do outro lado do Atlântico nos últimos anos. Steve Carrell interpreta um quarentão que, de certa forma, estagnou na pré-adolescência. Vive rodeado de figuras de super-heróis e personagens de cinema, vai de bicicleta para o emprego (com o cuidado de pôr a meia direita por fora das calças para não as sujar com óleo da corrente), a sua vida social resume-se à consola de jogos e, claro!, vida sexual é mentira.
Numa noite de poker, os seus colegas de trabalho descobrem este último pormenor e passam a querer fazer de tudo para mudar a situação, o que, como é óbvio, vai resultar em sarilhos a rodos para todos eles. Muita atenção à cena de depilação peitoral, onde o inexperiente Andy Stitzer dá largas à sua mais requintada retórica.
Filme recomendado e hilariante, que os apreciadores do género não podem perder.