quinta-feira, 31 de dezembro de 2009

E um óptimo 2010!

=)

quinta-feira, 24 de dezembro de 2009

Feliz Natal!


Feliz Natal a todos, meus caros! Que passem esta época ao lado de todos os que são realmente importantes na vossa vida. O resto vem por acréscimo. =)


sexta-feira, 18 de dezembro de 2009

As festas e o resto

Este era para ser um post sobre as festas, sobre como ainda não comprei todos os presentes, sobre como estou aqui a acarinhar a ideia de meter-me na confusão das prendas de última hora com tempo limitado.
Mas, em vez disso, fica só este recorte:

No outro dia, ao entrar no meu prédio, segurei a porta para uma senhora de alguma idade que também queria entrar. Não a conhecia de lado nenhum e, convenhamos, depois de quase 30 anos a morar no mesmo sítio, já começamos a conhecer a vizinhança toda.
Dita pensionista agradece com um sorriso rasgado, diz-me boa tarde e começa a fazer conversa de ocasião. A segunda tirada, como não podia deixar de ser, foi sobre o tempo.
- Está muito frio! - afiança ela, com a certeza que a sua larga experiência confere.
E eu, que nunca fui grande barra nestas trocas de ideias expresso, apliquei a minha melhor verdade universal para estas situações:
- Pois está! Mas também é o tempo dele... - dando aquele ar de quem já não anda cá há só dia e meio e já vai percebendo isto das estações.
Silêncio. A minha interlocutora calou-se, tendo já vencido os oito degraus que separam as portas da rua das dos elevadores. Por uns 10 segundos, a minha pertinente observação manteve-se no ar, como se nada mais se pudesse acrescentar a tal constatação.
Eis então que, de uma forma espectacular, a senhora se vira para mim e diz, como se de toda uma lufada de ar fresco se tratasse:
- Mas é o tempo dele, não é?
O que se responde a uma coisa destas? Nada, claro. Disse boa tarde à senhora, meti-me no elevador e subi.

sexta-feira, 11 de dezembro de 2009

Apresentações

Em primeira mão, e como prometido antes, aqui fica um exemplar em quase tudo semelhante ao que comprei há pouco menos de três semanas. Imaginem-no na versão de três portas et voilà.


quinta-feira, 10 de dezembro de 2009

Meanwhile

Enquanto as fotos não saem, sai um post.
Ando há uns dias para ir à loja do cidadão tratar de um problema com um dos Documentos Únicos que são a imagem de marca do Portugal moderno. O DU Automóvel, neste caso. Aparentemente, parece que alguém não percebeu bem que o meu nome do meio é exactamente igual ao de uma cidade bastante conhecida, resolvendo portanto acrescentar um "R". Fica giro, sim senhor, até funciona como um trava-línguas, mas pode vir a ser uma dor de cabeça se algum agente da autoridade andar a fazer o teste do algodão a tudo o que é documento. Resta saber se a culpa foi da conservatória ou do stand sendo que, agradavelmente, pode haver um custo de umas dezenas de euros para alterar o dado em questão.
Preciso também de ir ao banco. Por qualquer motivo, o meu novo cartão de débito parece não se dar bem comigo e, para além de exibir um nome ostensivamente diferente daquele que eu pedi, também me dá a simpática mensagem, em tudo o que é terminal de compras, de que se encontra anulado. Anulado, como se eu tivesse sacado o cartão ao legítimo dono num beco escuro e andasse por aí a tentar fazer as compras de Natal com ele. A parte gira é que foi activado há coisa de duas semanas.
Tenho, portanto, pendentes duas tarefas importantes.
E a moral da história, qual é?
É esta: tenham muito cuidado quando se meterem a comprar um edredon térmico do IKEA. Correm o risco de não voltar a sair da cama a horas.
Isso e deitem-se cedo.

terça-feira, 8 de dezembro de 2009

Sim, ...

... eu já voltei. Só ainda não postei sobre as férias, mas também não tarda. É só acabar de tratar as fotos.