sábado, 14 de fevereiro de 2009

Campus de Marcosende


Nice!
Para a semana levo máquina fotográfica a sério, vou-me divertir um bocado! :)

terça-feira, 10 de fevereiro de 2009

PCCT

Depois de amanhã vou fazer algo que devia ter feito há muito tempo.
Tive a oportunidade à minha mercê, há coisa de cinco anos, e deixei-a fugir pelo meio dos dedos. Ainda hoje isso me está cravado na garganta, tanto mais que nem foi por mim que fechei a porta a esse projecto. Não consigo contar quantas vezes me arrependi de não o ter feito, de ter deixado que outra pessoa tenha tido o poder de me fazer desistir de um objectivo que eu sempre tive. Não valeu a pena, decididamente; na altura fazia todo o sentido, hoje não faz.
Depois de amanhã vou fazer algo que devia ter feito há muito tempo. Não vai ser, de perto nem de longe, igual ao que podia ter sido na altura. Sim, aquilo que é verdadeiramente importante, "importante" naquele sentido adulto das responsabilidades, da formação, dos horizontes de carreira, vai estar lá. Mas não vai estar toda a parte da experiência de vida, de criar laços, de ver o Mundo desligado do meu mundo. Ainda assim, é alguma coisa... é algo que quero experimentar, nem que apenas por algumas semanas.
Depois de amanhã, então... vou ter a minha primeira aula no estrangeiro.

quinta-feira, 5 de fevereiro de 2009

Decisions, decisions...

Confuso não é estar no meio da ponte. Nop. Na verdade, é das situações mais simples que existem: ou para a frente ou para trás. Mesmo admitindo a terceira via, para os que têm queda para tendências suicidas, o quadro continua a ter muito pouco de complexo.
O mal está mesmo na tomada de decisão. É saber que o caminho será um daqueles dois mas não ser capaz de decidir por estar tudo preso por detalhes.
E, de repente, a terceira via torna-se sedutora.